quarta-feira, 8 de maio de 2013

Paraiso Particular


Ela acabara de chegar,já sem folego algum pela subida longa e cansativa até ali,mas nem isso foi capaz de impedir que a paz inundaçe seu corpo,acale sempre fora seu lugar preferido.De onde estava sentada podia ver o bairro inteiro através das paredes de vidro,e a paisagem era linda o céu estava nublado,nas ruas os carros pareciam passear lentamente ,e as pessoas andavam tranquilas,daquela distancia todos pareciam amigos o mundo parecia inofensivo,daquele ponto de vista ele não aparentava ser amedontrador e cruel,não dava medo.
Aquela garota se sentia tão segura como se nada no universo pudesse atingilá,como se aquelas simples paredes de vidro fossem feitas de algo inabalavel.
O sofá para ela era mais confortavel até que a própria cama ,a atmosfera era mais calma que qualquer lugar no planeta,e o melhor era que estava cercada pelos seu melhores amigos ,seus livros.
Aquela garota despensava a presença de seres humanos sem pensar duas vezes ,afinal do seu ponto de vista livros podem levala aonde ela quiser,livros não ficam amolando com conversa fiáda,livros não saem fazendo idiotices por ai e não querem ser os donos da razação,são inteiramente fiéis e interessantes.Ela os amava mais do que pessoa isso pode se ter certeza (infinitavamente mais).
Com uma simples ida naquele lugar ela podia ir dos mais humildes e chatos aos mais extráordinários,cenarios pós apocalipticos,outras dimenções ,outros mundos ,eles contavam seus segredos para a garota e vice e verça.
Escolhidos os amigos que levaria para a casa (essa era mais uma das vantagens)se dirigiu a funcionária e estava tão em paz com si mesma que nem reparou quando a atendente falou:
-O Prazo é até semana que vem
É ,não se podeia ficar ali para sempre,se dirigiu até a portae foi embora,deixando para trás o unico lugar na terra onde conseguia ficar em paz.

Sem comentários:

Enviar um comentário