segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Have you seen Evelyn?

Arte do Romulo Braga
É incrível como as vezes você está sem nada pra fazer e descobre umas coisas tão bacanas por a internet né?.A história de hoje é tipo um conto de amor,um rapaz chamado Matheus Telles estudante de gastronomia estava no ônibus e...é melhor você ler para entender melhor,só que eu te garanto uma coisa você vai se apaixonar por essa história.

''Olá! Meu nome é Matheus Telles, tenho 18 anos, estudo Gastronomia no IBMR da Barra e vim aqui contar uma história para vocês. Dia 2 de setembro de 2013, segunda feira, eu estava indo para a faculdade normalmente, acordei cedo, me arrumei e peguei o 465 como de costume . Quando eu entrei ele estava lotado e eu fiquei de pé, mas depois de uns 5 minutos uma senhora se levantou para sair do ônibus e eu sentei no lugar vago. Pouco tempo depois o senhor do meu lado se levantou e saiu também, eu fui para a janela e fiquei olhando para o lado de fora ouvindo musica com meu fone de ouvido.
Foi ai que uma menina linda se sentou do meu lado e sorriu pra mim. Sorri de volta, meio surpreso, e retornamos a viagem. Em algum lugar entre Jacarepaguá e Barra eu esbarrei no meu fone e ele desconectou e o ônibus todo pode ouvir a musica que estava tocando, era “Introduced Species” de uma banda chamada Hands Like Houses. Eu me assustei mas fui ágil em colocar o fone de volta, apesar da awkwardness do momento.
Foi então que senti que ela me cutucou; tirei meu fone e me virei pra ela:
- Isso é Hands Like Houses?. 
Na hora eu quase surtei. Entendam que é uma banda Australiana, de post-hc, muito pouco conhecida no Brasil e aquela garota tinha reconhecido, com apenas alguns segundos de musica. Me deixem ilustrar melhor. Ela tem cerca de 1.60, cabelos castanhos dourados e grandes olhos verdes. Ela era seriamente bonita… e pelo visto tem um ótimo gosto pra musica. Daí pra frente conversamos por algum tempo, tínhamos muito em comum no nosso gosto musical. Enquanto ficávamos parados no trânsito, apresentei a ela uma banda chamada La Dispute. Falamos bem superficialmente de nós, ela me perguntou bastante sobre meu curso, disse que estava na faculdade também (não me lembro o curso, é algo como administração ou comunicação, eu até comentei que é um curso bem amplo) e continuamos conversando. 
- Você tem namorada? 
Sem pestanejar, eu respondi “não, porque? Quer ser candidatar?” e olha, ali eu alcancei um novo nível de cara de pau na minha vida. Ela riu bastante mas mudou de assunto, disse que estava indo no Barra Shooping entregar uma papelada que a mãe dela pediu e que estava sem celular nem nada porque saiu de casa com pressa. Já estávamos perto do Barra Shooping quando ela pediu pra anotar o nome dela no facebook, já que ela com certeza iria esquecer o meu. Por descargo de consciência eu falei o meu e anotei o dela no inkpad, Evelyn. Nôs despedimos com um abraço forte e um beijo no rosto e ela desceu do onibus.
Agora, vem a tragedia: Chegando em casa eu fui adicionar ela mas percebi que a nota do inkpad com o nome dela tinha sumido. Gone. Vanished. FINITO! O nome dela era, como já disse, Evelyn. Mas eu não tenho certeza nem da grafia, muito menos do sobrenome. era estranho, diferente, e de origem espanhola mas não consigo me lembrar de jeito algum qual era.
Bom, eu contei do encontro aleatório para alguns poucos amigos que tentaram, sem sucesso me ajudar a encontra-la no Facebook. Até que meu irmão me deu a ideia de fazer essa pagina. 
"Onde Esta Evelyn?" ou "Have You Seen Evelyn?", como você preferir. É minha tentativa sincera de conseguir encontrar essa garota.
Por que? Por que eu não tenho nada a perder. Por que a internet pode resolver algo que anos atras seria só uma historia sem um final, então, por que não tentar? Afinal eu prometi que iria adicionar ela!
Passe adiante o site, compartilhe. Pense que legal vai ser se der certo e eu achar a tal da Evelyn!
Você tem alguma informação que possa nos ajudar? Então entre em contato! Ali na barra de descrição tem um link pra minha pagina do Facebook, é só me mandar uma mensagem lá!
E, Evelyn, espero que isso não pareça muito “creep” da minha parte, eu só acho que seria muito errado dizer que ia add assim que chegasse em casa e sumir. Obrigado pela atenção''

Em menos de 24 horas a história ganhou a internet,e tem mais de 4.000 likes no facebook (e você precisa curtir é só clicar aqui).Aproveite para visitar o tumblr da história também(clique aqui).
A partir dessa história fofa vou começar a pesquisar outras histórias para postar aqui no blog.
Espero que tenham gostado.
Beijinhos e até o próximo post.

2 comentários:

  1. Que história mais linda, com certeza temos que encontrar a Evelyn rs Já curti a fan page (:

    Beijos,
    Blog Fashion e Bella
    www.fashionebella.com.br
    *Cartas para Amelie*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se você ver ela não se esqueça de avisar o Matheus tá?hahahah

      Eliminar