quinta-feira, 26 de setembro de 2013

''Teoria do retorno''

Nunca escrevo textos quando estou brava,por que acredito que o ódio só tornem meus textos mais confusos do que já são,sem falar que a alegria e a tristeza são sentimentos mais poéticos do que a raiva,fazendo assim com que as frases bonitas saim mais facilmente.Mas não, hoje eu preciso somente escrever por que isso é  a unica coisa que me resta.
E se alguém se interessou em ler esse texto,acredite em mim,não é uma indireta(mas se for,acredito que é uma indireta para o Mundo ou Deus,ou qualquer outra coisa que controle esse planeta),já que meus amigos não leem o blog e muito menos meus inimigos(graças a Deus,pois tudo oque me faltava eram comentários negativos nos posts),eu falo muito pouco no blog,pois ele é a ultima coisa que vale a pena e não quero que ninguém estrague,esse é apenas mais um dos meus textos depressivos,mas enfim...vamos começar logo com isso.
Dizem que existe algo chamado teoria do retorno, que fala tudo oque você faz ,seja bom ou ruim,uma hora ou outra volta pra você.Mas e quando parece que você se esforça pra seguir os valores que seus pais e a sociedade te ensinaram,e tudo oque volta pra você são coisas ruim,confusões,brigas,intrigas,e lágrima,oque se ha de fazer?.
Queria uma hora ou outra poder me sentar em frente ao computador com um sentimento bom e assim abrir o wordpad e deixar escorrer toda alegria que existe em mim.Mas esse dia parece tão distante,e vem caminhando tão lentamente que eu acho que ele estava vindo até mim,se perdeu no caminho e morreu,deixando assim de existir minha unica esperança.
Deus sabe que eu venho tentando,mas a ''teoria do retorno'' não funciona comigo e por mais que eu tenha esperança percebi que ela nunca funcionou direito.E são essas coisas ruins que sempre estão presentes em meus textos que estão fazendo eu perder cada vez mais minha fé no mundo.
As vezes falo para minha mãe que não gosto de pessoas,e das duas reações uma,ou ela briga comigo e diz para eu parar de falar besteira ou ela da risada como se eu estivesse apenas brincando.Admito que não estou falando a verdade completamente,por que a pessoas que se salvam no meu coração(mesmo eu com certeza já tendo odiado elas uma vez na vida).
E ter de enfrentar tudo isso sozinha é o pior de tudo,ter de ser adulta o tempo todo sem nem ao mesmo ter chegado nessa fase da vida é o mais destrutivo,olhar para as pessoas que querem tanto,e pensar que oque você quer apenas é ser uma adolescente normal e feliz,do tipo que faz idiotices,ou que faz drama por coisas bobas e pequenas.
Uma hora ou outra a gente cansa de ser feito de bobo,de pagar de palhaço,de aguentar as piadas maldosas,de chorar no banho para que ninguém descubra que a gente chorou,de guardar tanta coisa ruim no peito,de confiar nas pessoas,de ser decepcionado,de nada dar certo,de estar morrendo e ninguém perceber,de não ter ninguém para abraçar e dizer um verdadeiro ''eu te entendo'',de ser frustado,de ter expectativa,ou simplesmente de acreditar que as coisas vão melhorar.
Mas mesmo quando se está cansado de tudo isso,admitir que está cansado de nada vai adiantar,por que nada vai mudar.

E você não pode fazer nada.

Sem comentários:

Enviar um comentário