segunda-feira, 14 de outubro de 2013

O Limite

No, but still pretty.
E de repente a sensação é de que se já usou todas as ultimas e miseras forças restantes,e se utilizou essas forças para subir até o ultimo degrau da paciência.
Mas a verdade é que não importa quem você seja...não faz a minima diferença se é alto,baixo,feliz,triste,popular,excluído,bonito ou feio,todos temos um limite e uma hora ou outra ele é alcançado,pra a nossa infelicidade.
É como se eu tivesse me agarrado a uma corda já muito judiada por o tempo e ela não suportou o peso do meu corpo,principalmente o do meu coração,que abrigava toda a magoa possível,e depois de algum tempinho a corda lascou e então eu cai, e só percebi o quão alta estava assim que senti o concreto na minha pele.
As lágrimas que desciam por o meu rosto eram a dor em sua forma liquida e fria,eu tinha chegado no meu limite,e não havia mais oque se fazer,para onde correr,como se esconder,algum modo de se lutar,ou qualquer método a se utilizar,tudo perdeu a graça,já vinha perdendo a um bom tempo, e eu simplesmente desisti  de tudo aquilo,de sorrir,de dar risada,de viver.
Os rostos me encarando só me comprovavam oque eu já sábia,nunca imaginei que ia chorar na frente de todos,odeio tanto ter de dar o gostinho da vitória para os inimigos,mas era como se houvesse uma pressão em minha mente e estava tentando explodir com o meu restinho de sanidade.
E naquele momento o mundo ganhou um tom de cinza,que foi subindo lentamente por as paredes e tomando conta do céu.
Tudo oque eu queria era ter alguém pra abraçar,pra me dizer que ia ficar tudo bem,alguém que pudesse me dar um tapa na cara e me mandar seguir em frente,mas as únicas pessoas que podiam ter feito isso me empurraram do penhasco.
E agora a dor me corroê,por dentro,por fora,e ainda não a nada oque se possa fazer. 

2 comentários:

  1. Que texto bonito, ele reflete a situação de varias pessoas que já chegaram ao limite, que não tem mais forças pra continuar. Você quem criou?? se sim meus parabéns!
    http://mlleglamour.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado,sim fui eu que criei o texto,você não sabe o quão feliz eu fico a ler comentários como o seu.

      Eliminar