quinta-feira, 12 de junho de 2014

Resenha:A invenção de Hugo Cabret

Imagem muito bosta,ignorem.
Dados do livro:
Título Original: The invention of Hugo Cabret
Autor: Brian Selznick
Número de Paginas : 533
Editora: SM Edições
Sinopse:
Hugo Cabret é um menino órfão que vive escondido na central de trem de Paris dos anos 1930. Esgueirando-se por passagens secretas, Hugo toma conta dos gigantescos relógios do lugar: escuta seus compassos, observa os enormes ponteiros e responsabiliza-se pelo funcionamento da máquinas.
A sobrevivência de Hugo depende do anonimato:ele tenta se manter invisível porque guarda um incrível segredo, que é posto em risco quando o severo dono da loja de brinquedos da estação e sua afilhada cruzam o caminho do garoto.
Um desenho enigmático, um caderno valioso, uma chave roubada e uma homem mecânico estão no centro desta
intrincada e imprevisível história, que, narrada por texto e imagens, mistura elementos dos quadrinhos do cinema, oferecendo uma diferente e emocionante experiência de leitura.
"... antes de virar a página, quero que você se imagine sentado no escuro, como no início de um filme. Na tela, o sol logo vai nascer, e você será levado em zoom até uma estação de trem no meio da cidade. Atravessará as portas de um saguão lotado. vai avistar um menino no meio da multidão e ele começara a se mover pela estação. Siga-o, porque este é Hugo Cabret. Está cheio de segredos na cabeça, esperando que sua história comece."
E assim é a primeira página,antes de começarmos essa aventura por dentro das paredes de uma estação de trem em Paris,onde vive um garotinho órfão,com muito talento pra concertar coisas,chamado Hugo Cabret.
Encantador,não há outra palavra para descrever esse livro,morri de vontade de ir pra Paris e viver uma grande aventura,enquanto lia esse livro,e qualquer livro que desperte alguma vontade ou emoção na gente,pode ser considerado bom.
A história é incrível,começa de maneira despretensiosa e vai se desenrolando de uma forma surpreendente e mágica,se é que me entendem.
Hugo mora sozinho dentro das paredes da estação,pois seu bêbado tio(que havia começado a cuidar de Hugo após a morte de seu pai)simplesmente desapareceu.Então ele tem de ser invisível,e manter todos os relógios da estação sempre na hora certa,para que assim não desconfiem do sumiço de seu tio e não o encontrem.
Mas essa não é sua unica preocupação,Hugo também tem de terminar de concertar o autômato que ele e seu pai estavam concertando juntos,nas esperança de que assim que o autômato estiver pronto ele o envie uma mensagem de seu pai,e não se sinta tão sozinho.
Para concerta-lo,o menino passa a roubar pequenas peças na loja de brinquedos,até que um dia é pego por tio Georges,que toma seu pequeno caderno de anotações,o qual é extremamente importante para Hugo.
No decorrer da história Hugo começa a descobrir que tem muito mais coisas envolvidas na história do autômato do que ele poderia imaginar,e conta com Isabelle,uma doce menina,pra ajuda-lo a desvendar esse mistério todo.
Pronto!,vou contar até ai,já dei muito spoiler sobre a história,pois,como eu já avisei ali no começo do post,eu SEMPRE acabo dando spoiler quando faço resenhas, de filme ou de livro.
Mas o que posso dizer é:Em certo ponto dessa aventura,as histórias de todos os personagens começam a se entrelaçar,levando assim a um final que você não imaginária de maneira alguma.
Alem de ser uma história excelente,o livro é lindo,e provavelmente 80% de suas páginas são de ilustrações incríveis e inspiradoras(amei tanto elas que até me empolguei na hora de fotografar,como vocês devem ter percebido).
Também é super válido pra quem(assim como eu)gosta de cinema,e quer aprender um pouquinho da história dos primeiros filmes,é super interessante(sei que agora o tema cinema parece não fazer muito sentido no livro,mas quem já leu entenderá),e também tem algumas fotografias desses filmes.
E quanto a adaptação cinematográfica?É perfeita,e na minha opinião,mais perfeita até que o livro. Fotografia,cenários,figurinos,atores,todos perfeitos.E as cenas que fora modificadas,ou seja,não foram tão fiéis ao livro,ficaram ainda melhores.Mas apesar disso,pouca coisa muda,o filme é bem fiel a história original,e até mais rico em detalhes.Com certeza mereceu receber as 5 estatuetas do Oscar.
Vejam o trailer:

Enfim,acho que já deu perceber que eu super recomendo o livro.E pra a galera que não curte muito ler,assistam ao filme,também vale muito a pena.
Beijão.

''Máquinas não tem peças a mais ou peças a menos,elas tem a quantidade exata.Então eu imaginei o mundo como uma grande máquina,isso significa que eu tenho de me encaixar em algum lugar aqui...''

4 comentários:

  1. aiiii quero tanto esse livro <3 eu ja assisti o filme e e muiiito bom.
    Amei
    Beijao

    http://blogdaghiulia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O filme é demais né Ghiulia?,fiquei encantada com ele,é perfeito!
      Beijos.

      Eliminar
  2. me interessei pelo filme, não sou muito fã de livros assim
    http://clubedabelezaemaquiagem.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então assista ao filme Lia,vale muito a pena,tanto quanto ler o livro!

      Eliminar