terça-feira, 3 de junho de 2014

Resenha:A menina que coleciona borboletas

Nossa,tem um tempão que eu não faço uma resenha de livro aqui no blog né?,enfim,isso vai mudar hoje.O lançamento de A menina que colecionava borboletas aconteceu em Fevereiro e eu até fiz um post aqui no blog contando como foi se lembram?,li o livro em Março,mas só agora em Junho estou tendo tempo de fazer a resenha(quem vê pensa que sou cheia de compromisso,que nada eu sou é muito enrolada mesmo hahaha).

Título: A menina que colecionava borboletas
Autora: Bruna Vieira
Editora: Gutenberg
Número de páginas: 152
Contracapa do livro:
"Bruna Vieira está cada vez mais longe dos quinze, e sabe que crescer nunca é tão simples. Considerada uma das blogueiras mais influentes do mundo, mais uma vez ela dá razão ao seu talento como escritora, com este novo livro de crônicas e pensamentos, em que mostra o quanto amadurecer e conquistar a própria independência é maravilhoso, mas tem seus desafios e poréns.
Na cidade grande, a selva da pedra, precisamos sonhar de olhos bem abertos. Bruna nos ensina que não basta ser diferente: é preciso fazer a diferença. Temos de transformar nossos piores momentos em aprendizado, e devolvê-lo ao mundo, seja por meio da música, da fotografia ou da escrita. Só a arte pode salvar nossa alma da solidão.
A garota do interior que usa batom vermelho e que realizou seus maiores sonhos continua inspirando adolescentes de todo o país. Para ela, as páginas deste livro representam o bater de asas das borboletas que colecionou dentro do peito por algum tempo e que agora, finalmente, pode deixar que voem livres por aí."
Não li esse livro,esse livro me leu.Bruna reuniu 49 crônicas ,algumas já publicadas no blog e outra inéditas,e das já publicadas,ela conseguiu selecionar só as minhas favoritas,sério!
Não li o seu primeiro livro(o Depois dos quinze-Quando tudo começou a mudar),mas pelo o que ouvi dizer esse é bem mais maduro,acredito que seja por as crônicas terem sido escritas em uma fase diferente da vida da Bruna.
O livro não trata apenas de paixão,de garotos,de relacionamentos,ela resolveu abordar outros assuntos também,como amor próprio, padrões de beleza, dependência, auto-estima, trabalho...E foi isso mesmo o que eu mais amei no livro,adoro os textos de amor da Bruna,mas gosto mesmo é dos que falam sobre sonhos,sobre como ela lutou pra chegar onde está,como é viver na cidade grande,como é conhecer o mundo,e como é a liberdade.
Quando conheci a Bruna,uma das coisas que mais me gostei nela foi sua história,ela é absolutamente inspiradora,e faz você ter vontade de sair de casa ,ir explorar o mundo e viver novas experiencias.Esse livro me fez sentir a mesma coisa,me fez ter vontade de ir morar sozinha,viajar,aproveitar cada coisinha da vida,e principalmente de me apaixonar.
Amo a Bruna,o seu blog,os looks,as viagens,mas o que eu amo mesmo é o talento que ela tem para transformar cada sentimento da gente em palavras de um forma tão talentosa.
A cada crônica você vai se identificando mais com o livro,e eu posso te afirmar isso,em algum momento você vai pensar ''eu já passei por isso'',ou ''eu estou passando por isso'',se você é adolescente vai reconhecer todos os dramas dessa fase da vida,se você já é adulto vai lembrar com carinho dessa fase.
Ah,e fica a dica,se você for ler esse livro leia com um bloquinho de papel e uma caneta do lado,pois ele é repleto de frases super legais.Algumas das minhas preferidas:

''Para superar de verdade nossos problemas, precisamos nos reinventar. Mergulhar dentro dos próprios pensamentos e encontrar uma pontinha de esperança que nos faça querer seguir em frente e parar de chamar tanta atenção para algo que, no final das contas, é só nosso''.(pág 22)

''Nessa vida estamos todos nos adaptando a alguma coisa. Todos. Eu, você, as inimigas, o pobre coitado do entregador de pizza que detesta dias chuvosos como hoje e até a polêmica Miley Cyrus. No final das contas, em realidades um tanto diferentes, óbvio, queremos basicamente a mesma coisa dos dias que vêm e vão: paz(pág 39).

''É tão mais facil se entregar para a tristeza do que ir em busca da felicidade''

''E quando se é madura e sensível ao mesmo tempo,você simplesmente pega todos esses sentimentos que estão te matando e engole.De uma vez só.Porque você sabe que gritar para todo mundo que está doendo não resolve nada.Fazer draminha é perda de tempo...''(pág 109)

''Não é curioso? Não é incrível? Não é libertador saber que cada pessoa encontra motivo para viver em coisas completamente diferentes? Eu acho''.(página 25)
O livro tem páginas amareladas(amo!),fontes muito fofas,ilustrações perfeitas feitas por a Malena Flores,e a capa(a mais linda de todos os livros da Bruna) também foi feita por a Malena.E nota dez para o material do livro que vem sobrevivendo a mim bravamente.
Também conta com aquela playlist super legal no fim do livro,''leia este livro ouvindo'' que a Bruna sempre coloca nos livros dela.
Então é isso,pra quem quiser um livro lindo desde a aparência até as palavras,repleto de sentimentos,e com o qual vai se identificar com boa parte das crônicas, é só ler A menina que colecionava borboletas.
Me perdoem por a qualidade das imagens(você tira um montão de fotos,passa para o pesse e perde metade da qualidade,passa para o blogger e perde toda),e me perdoem por falar de mais,isso sempre acontece nas resenhas que eu faço hahahaha.

Respire fundo e olhe para trás.Repare bem no que vê.Não eram imperfeições.Eram asas.Agora,você não é mais casulo.Você é uma borboleta.Voe!(pág 149)

4 comentários:

  1. Não conhecia o livro, parece interessante.
    Fiquei curiosa.
    Ótima resenha !
    Bjs !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito lindo Dani ,vale a pena ler♥♥
      beijos.

      Eliminar
  2. Já ouvi falar sobre os livros da bruna mas nunca tinha me imaginado que você tinha ganhado parabéns por uma vitória !
    http://quaseit.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ganhar esse autógrafo e conhecer a Bruna foi a realização de um sonho ♥

      Eliminar