quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Como Andam as Coisas?

 
Ei!Quanto tempo né?,como andam as coisas?,esta tudo bem?,realmente bem?,como anda sua família?,e aquele seu primo,continua caladão e fazendo você passar vergonha?,me lembro que você passava horas falando sobre ele,geralmente aborrecido,sempre me fazia dar mais risadas quando estava bravo,daquelas crises de risos que fazem lágrimas brotarem nos olhos e a barriga doer.Me desculpe tantas perguntas,mas nós não conversamos a um tempão,bem,não uma conversa decente,um diálogo de verdade.
Eu ainda me importo,e no fundo você sabe disso,mas já me importei muito mais,muito mesmo,em comparação ao agora isso não é nada.
Eu e você sempre fomos muito parecidos,por mais distantes que ficássemos nossos gostos,atitudes,e formas de pensar continuavam semelhantes,porem,nos últimos tempos,algo crucial aconteceu e nos fez pessoas totalmente diferentes,eu cresci,e você não.
Nós dois conhecemos a dor de uma forma que poucos dos que estão ao nosso redor conheceram.Eu nunca soube lidar com ela direito,a recebi em várias doses,porem comparadas as suas,são fracas.Já você não foi atingido por a dor tantas vezes quanto eu,mas quando foi,foi terrível,não conseguiria superar metade daquilo tudo.Eu te assisti cair,e me surpreendi com sua frieza.
Lembro das conversas que surgiam do nada,deitados no chão,olhando pra o teto...lá estávamos nós dois,perdidos no mundo,mas não completamente,tínhamos um ao outro,mas você nunca reparou nisso né?,agora esta realmente sozinho,realmente.
Esse é o ponto,levamos tantos tapas juntos,eu aprendi com eles,você não.Me perdoe se estou sendo injusta,talvez você apenas não tenha sido tão honesto comigo quanto eu fui com você,talvez não tenha se sentido tão a vontade quanto eu pra compartilhar tudo o que rola nos bastidores-aquilo que ninguém vê,ou conhece-talvez eu não tenha sido pra você o que você foi pra mim,talvez...
Mas eu te observo as vezes,quando preciso me sentir feliz comigo mesma,e ver que mesmo com a vida sendo tão cruel comigo eu cresci-eu sei,já disse-não em idade,continuo sendo a mesma pirralha sem importância,mas como pessoa.Mudei,aprendi a agir de uma forma mais madura,enxergar a vida de uma perspectiva diferente,fazer o que é certo-as vezes-e a ser fiel aos meus princípios.Você mudou também-todos mudamos-porem,trocou todos os seus valores por futilidades,isso é triste,o que aconteceu?
Lembra quando éramos crianças e voltávamos juntos para a casa?,em certo ponto tínhamos de nos separar,e ir cada qual para o seu canto,basicamente foi isso que aconteceu.
Levei outros tapas da vida,fiz novas amizades,briguei,chorei,e outras pessoas me fizeram rir até a barriga doer,mas você não sabe disso,não faz a mínima ideia,por que eu segui em frente,e você regressou.
Mas,voltando ao assunto,como andam as coisas?

8 comentários:

  1. Amei seu texto. Você escreve com sentimentos, intensamente... mesmo com algumas palavras mal acentuadas, EU AMEI!
    O lado bom da dor é que nos faz amadurecer mais rápido!

    Bjss espero ter mais textos, pois novamente lembrando eu amei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Criticas construtivas são bem-vindas aqui Ariane,vou ficar mais atenta a acentuação das palavras ;)
      Fico muito feliz que tenha gostado tanto assim do texto! ♥
      Fica ligada aqui no blog,volta e meia eu posto aqui uma crônica minha.
      Beijão <3

      Eliminar
  2. Muito bom (e triste) texto!

    Estou gamadíssima no seu layout *-*

    | http://sesentindomae.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Sensacional!!!!
    Coisa boa poder ler um bom texto!
    Encontrar um bom blog! =D

    Parabéns!
    http://nospoeticos.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nossa,obrigado,fico muito feliz com o comentário!
      Beijos.

      Eliminar
  4. Hello, Paloma! Li com felicidade o seu texto, pois percebo que escreves com a alma, que eh algo tão raro por onde leio. Parabéns, você ainda vai chegar muito longe :)

    Www.menin4ironic4.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oww,fico tão feliz quando leio comentários como o seu Caroline!Muito obrigada :)

      Eliminar