segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Senhorita Troca de Lado

Run away 

Com um sorriso enorme no rosto
Ela desce a rua
E não há quem diga
Que essa garota não é a doçura em pessoa

Mas Senhorita Troca de Lado
Eu te conheço melhor do que qualquer um
E não me arrisco por você
Grande erro

Agora eu sei
Que nunca deveria ter lhe dado uma chance
Grande, grande erro

Mãos não serão postas no fogo por pessoas como você
Não vale a pena
Eu acredito

Senhorita Troca de Lado
Você já tinha tudo planejado?
Nessa tua mente sórdida
E muito bem organizada

Seu rosto infantil me enganou
Mas eu admiro sua ganancia

Você não se envergonha?
Nem por um segundo?
Por ter feito disso tudo 
Apenas uma conveniência

Poderia ter tido algo verdadeiro
Mas não foi
Por opção
Opção sua

Senhorita Troca de Lado
Eu senti raiva
Quando fui deixada de canto
Por todo o tempo que perdi com você
Por todo o aborrecimento desnecessário

Mas você sabe
Que não significa 
Nada 
Pra
Ninguem

Sabe que vai perceber
Em algum momento
Que perdeu tudo o que tinha
Tudo o que era real

Eu estou bem agora
Já passei por cima disso
Escrevo feliz
E não me importo a muito tempo

Te desejo tudo de bom
Deixe de lado a arrogância e as mentiras
 E escolha de uma vez por todas
O lado que você quer estar
 

6 comentários:

  1. Paloma, quanto sentimento escrito.
    Belo poema!
    Acho que não há felicidade em algum final, seja ele qual for..
    Abraços Mika,
    Pensamentos Viajantes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mika! Fico muito feliz que você tenha gostado.
      E sobre o final, eu já acho o contrário. Por mais que sejam raros, alguns finais são felizes.

      Eliminar
  2. Adorei Paloma!!! Você escreve muito bem!
    Seguindo aqui.. Adoraria que viesse conhecer meu blog tbm. Bjoos *---*

    http://aquelaepifania.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar