terça-feira, 12 de janeiro de 2016

A Resposta Para Todo o Seu Ódio

O universo é realmente muito sacana as vezes. Em um de seus inúmeros testes ele me mandou você. Que no inicio pareceu tão inofensiva. Cabelos loiros, roupas bonitas, uma forma educada de falar. Mas com o tempo se mostrou o reflexo de tudo aquilo que eu tinha medo de me tornar. 

Você criou essa personagem ridícula. Digna de novela tosca das seis. A mocinha boa, de bom gosto, justa, contida, inteligente e madura. Mas você não é nada disso. Você é podre por dentro. Apenas podre. Sem tirar nem por. Melhor descrição não existe.

Você é aquele tipo de gente que se alimenta da vitalidade e alegria dos outros. Com comentários maldosos e julgamentos a todo o tempo. E eu não falo no sentido figurado. O sorriso no seu rosto é grande demais pra ignorar. Não faz sentido algum, mas a tristeza das pessoas que estão ao seu redor te faz um bem danado.

Eu não vou mais me preocupar. Você conseguiu o que queria, me enlouqueceu totalmente. A cada dia que se passa eu sou bombardeada com as lembranças de todas as monstruosidades que você já me disse. Traída por a minha própria mente. É um pesadelo interminável. Sua pessoa me revira o estomago. É assim que você quer ser vista por os outros? Associada a repulsa?

Você não precisa de amigos, só precisa de alguém pra debochar e um bom ouvinte pra ouvir suas crueldades. Não precisa se esforçar, por que sempre vai haver um bobo pra fazer seu trabalho sujo. Só precisa de um psicólogo, pra tratar esse teu problema sério com mentiras. 

Você me faz sentir tão pequena, mas eu não me importo mais, desisti dessa guerra estupida.

Acho que hoje eu finalmente entendi que sou tão melhor que isso tudo sabe? Não vou mais cultivar esses sentimentos ruins pra te alimentar. Eu vou pagar todo o teu ódio com amor. Amor esse que talvez você nunca tenha recebido.

Você não merecia um texto, mas eu preciso enterrar essas histórias e exorcizar meus demônios.

Sem comentários:

Enviar um comentário