quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

5 filmes que você precisa assistir!

Imagem relacionada
Em 2017 eu tive a sorte de só ter mirado em filmes legais e vi muita coisa boa no cinema (afinal, a pipoca tá cara pra gente ficar errando nas escolhas né? rs). Porém, acabei só prometendo resenha de filme e no fim não compartilhei nada por aqui (sempre deixo esse tema meio de lado), mas hoje finalmente resolvi vir contar pra vocês quais longas mais me marcaram e, como já se passou um tempão desde a estreia deles, tenho certeza que tá super fácil encontrá-los internet a fora. Então, se alguém ai tá de bobeira nesses últimos dias de janeiro, pega a pipoca e escolhe qualquer um dessa lista que é sucesso garantido!
A Bela e a Fera
A história desse vocês já conhecem, mas vamos recapitular rapidinho: Bela é uma moça diferente de todas as outras pessoas da pequena aldeia onde vive, inteligente, esperta, apaixonada por livros, corajosa e ao mesmo tempo muito doce; e ao ver seu pai trancafiado em um castelo por uma fera, decide se entregar em seu lugar para que este possa ser livre; ela descobre então, com a ajuda de algumas figuras bem peculiares, quem é, de verdade, a criatura que a prende.
Esse foi o primeiro filme que vi em 2017 no cinema, sem chances de não chamar minha atenção. Para começar, tem como protagonista a Emma Watson (a.k.a musa da minha vida e de mais um monte de garotas). Já amo o trabalho da atriz e acho a atuação dela maravilhosa, então é muito difícil não me interessar por algo que ela faça; mas a verdade é que A Bela e a Fera chama atenção por mais um monte de motivos. Além de um elenco maravilhoso cheio de pessoas que arrasam em seus personagens, a riqueza de detalhes, os figurinos e caracterização, os efeitos especiais e a fotografia o tornam um clássico obrigatório. E pelo que percebi e ouvi das pessoas, ele é extremamente fiel ao desenho; nunca assisti ao original completo, quando criança tinha muita preguiça de filmes de princesa, mas as cenas que me lembro e algumas que vi no youtube depois de assistir ao longa comprovam isso, é impressionante! Ah, e qualquer musical que consiga me prender merece destaque, porque esse não é meu gênero favorito. As músicas do filme, apesar perderem um pouquinho do brilho na versão dublada, o tornam ainda mais divertido. Ou seja, vale muito a pena assistir!
Homem-Aranha: De Volta ao Lar
Depois de ajudar os Vingadores em Guerra Civil, o jovem estudante Peter Parker volta pra casa e precisa aprender a lidar com seus novos poderes. Inicialmente o garoto não encontra muito que fazer, resolvendo apenas pequenos delitos na região onde vive, mas logo a oportunidade de se tornar um herói de verdade surge ao entrar em cena o vilão Abutre.
Okay, antes de qualquer coisa, acho muito importante mencionar que não me lembro de ter assistido a algum filme anterior do Homem-Aranha e nem sou a maior interessada nos filmes da Marvel, então talvez minha opinião seja bem irrelevante, mas vi Guerra Civil e gostei muito, principalmente da presença desse personagem. Fui ao cinema ver a versão (literalmente) mais nova do herói em Julho, mais pela minha irmã que ama esse universo e porque pela primeira vez na vida ganhei um ingresso de graça hehe, mas no fim das contas amei o longa e não me arrependi nenhum pouquinho de assisti-lo. O filme tem figuras muito cativantes, é difícil não se apegar, além de aventura e ação em doses exatas, o que permite a pessoas que não curtem esses gêneros entrarem na história e não acharem aquilo tudo massivo. Os efeitos especiais são maravilhosos (o que nem precisa ser citado já que é um filme da Marvel) e os momentos de alívio cômico são meus favoritos, dei muita risada! Ah, não vou deixar de comentar que o ator protagonista, Tom Holland, é fofo e bem gato rs.
Baby Driver: Em Ritmo de Fuga
Aqui nós conhecemos Baby, um "motorista de fuga", responsável por tirar criminosos do local do crime na maior velocidade possível, que depois de muito tempo nesse trabalho resolve abandonar a carreira e tomar outros rumos na vida, mas a decisão do garoto não é muito bem aceita.
Ansel Elgort gente, fui assistir a esse filme por conta exclusiva do Ansel Elgort. Meu crush real oficial de 2017 foi esse garoto e nem me interessava muito à trama a qual fui ver, até porque, como já deixei claro, não sou a maior fã de filmes de ação. Mas acabou que me surpreendi muito, adorei a trilha sonora, a música adicionada especialmente para compor as cenas de fuga (que é a mágica do longa), os personagens que apesar de toda a maldade nos conquistam com seu jeito, o alívio cômico que não deixa a história ficar massiva e a personalidade diferente do protagonista. Os únicos pontos que me incomodaram de verdade foram o romance meio forçado entre Baby e a garçonete Debora, que até faz sentido no contexto, mas parece que está sendo empurrado goela abaixo do espectador (não adianta diretor, a gente não vai gostar deles juntos), e o final meio absurdo, com cenas absolutamente impossíveis e figuras que retornam da morte. Sobre esse último talvez seja coisa minha, que gosto de uma conexão com a realidade em qualquer filme, mesmo que pequena. De qualquer forma, garanto que vale a pena ver Baby Driver!
IT - A Coisa
Um grupo de crianças nota algo errado em sua cidade, onde desaparecimentos começaram a ser relatados. Estes então se unem para dar fim à assassina criatura que já rondou o local em anos anteriores.

Cara, IT é com certeza um dos meus xodós da vida e quero assisti-lo muitas vezes mais. Pode parecer estranho falar isso de um filme de terror, mas pra mim essa história tem mais um tom de Stranger Things do que qualquer outra coisa. Você sabe do que eu estou falando: crianças unidas para dar fim a um mal comum, no caso em questão o palhaço Pennywise e não o Demogorgon. Sendo sincera, não senti medo e tomei poucos sustos ao longo da história, mas acredito que isso não tira o mérito do filme. O suspense, a tensão e a aventura nele fazem com que você realmente entre naquilo. Outros pontos muito positivos são a caracterização (não só do palhaço), a fotografia linda, a atuação das crianças e os efeitos especiais apresentados nas criaturas grotescas que surgem na tela. Além disso, IT é muito sagaz ao mostrar que você pode ter mais desconforto com os moradores da cidade do que com o próprio Pennywise. O pai nojento da jovem Beverly, os "valentões" doentes do local e a mãe obcecada de Eddie me causaram enjoo. Mas enfim, IT desperta diferentes sentimentos em quem o assiste, desde agonia até amor (tem cada cena fofinha) é com certeza um filme e tanto ♥
Mãe!
Um casal passa a receber constantes visitas de desconhecidos, apesar de a mulher não entender o motivo daquilo e pressentir o mal na situação, seu marido parece não enxergar o que está acontecendo.
Mãe! é o meu favorito de 2017 e um dos meus favoritos da vida. É sem dúvida o filme mais inteligente que já assisti, mas como qualquer filme inteligente ele exige certo esforço de seu telespectador. Quando foi lançado não entendi o porquê de as criticas serem tão mistas, indo de "obra prima do cinema" á "absolutamente entediante", mas ao terminar de assisti-lo compreendi perfeitamente. Esse é de fato um filme pra poucos, não é de terror como foi vendido, acho que se aproxima muito mais de suspense, apesar de mal conseguir definir seu gênero. Ele é para quem tem estômago forte e não se importa de pensar obsessivamente sobre algo (pois foi isso que aconteceu comigo nos dias após vê-lo).
É muito difícil definir Mãe!, mas um pequeno spoiler que vou soltar para que a compreensão seja um pouco mais fácil é: ele é uma metáfora, mais especificamente uma metáfora do livro mais famoso do mundo. Sei que se eu não tivesse lido sobre ele antes não entenderia nada da história e sairia da sala de cinema com cara de “ué?”, mas ao invés disso sai de lá me sentido um lixo de ser humano rs (tá pronto pra isso?). A meu ver, o longa é feito para reflexão, sobre o que nós estamos fazendo com o mundo em que vivemos, com a nossa casa.
Finalizo com o alerta de que a Jennifer Lawrence (merece o Oscar de novo) consegue te deixar angustiada junto com ela, como se o fato de tudo se passar em um ambiente só não fosse suficiente.

Espero que tenham gostado da listinha, se alguém ai já viu algum desses filmes compartilha a sua opinião aqui nos comentários e aproveitar para me indicar algo pra ver :)

Um beijão e até o próximo post ♥

6 comentários:

  1. O único filme dessa lista que assisti e foi no cinema, foi Bela e a Fera, filme muito encantador, eu assitia muito o original quando criança, assistir esse filme me deu uma nostalgia muito grande, e gostosa.
    Eu adorei saber sobre todos os filmes, e sua opinião sobre os mesmos, me deu uma vontade grande de assistir todos.
    Beijos ♡
    https://noitecer.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos são ótimos Geórgia, pode procurar pra assistir na internet que eu garanto que vai gostar :) Ah, e sem dúvida, A Bela e a Fera é um encanto ♥

      Eliminar
  2. Quero muito ver Mother, já vi Baby Driver, It e Homem Aranha!!

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2018/02/dream-valentines-gift-guide-for-her.html

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mother é incrível! O filme mais cabeça dessa lista. Ele é muito inteligente e te faz repensar muita coisa também, assisti-lo é uma experiência muito louca!

      Eliminar
  3. Ótima indicação de filmes pra ver.
    A Bela e a Fera, é um dos classicos né rsrs.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar